Site da ABGLT convoca Homossexuais para Queimarem a Bíblia

Foi publicado no site oficial da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), uma convocação para um evento em Brasília no dia 01/06, onde queimariam um exemplar da Bíblia Sagrada que é considerado por eles um livro homofóbico.

Veja o que diz o texto:

"Em frente a Catederal, nós ativistas LGBTT iremos queimar um exemplar da Bíblia 'Sagrada'. Um livro homofóbico como este não deve existir em um mundo onde a diversidade é respeitada. Amanhã iremos queimar a homofobia. COMPAREÇA"


Após a repercussão no twitter, o texto foi imediatamente mudado para: "Queimando a homofobia" - Aglomeração as 14:00 na porta da catedral. Tragem livros religiosos, por uma sociedade em prol da diversidade". No final da tarde o texto foi retirado totalmente como você pode ver no site: http://www.abglt.org.br/port/eventos.php?tipo=Nacionais.

O UOL Notícias, com “extrema rapidez”, tratou de divulgar a nota do presidente da associação, Toni Reis, dizendo que “tudo não passou de um ataque de hackers.”

Qualquer pessoa consegue ver diante das notícias, que a intolerância, o ódio e o preconceito, partem principalmente dos homossexuais contra qualquer um que se opõe à sua prática.

O crime de Ultraje a culto está no Art. 208 do Código Penal.

Se já estão querendo queimar a bíblia antes da PLC/122 ser aprovada (esperamos que nunca seja), imagine o que farão no caso da aprovação dessa lei.
 
Mas quanto ao homossexualismo? As escolas recebem (mais cedo ou mais tarde receberão) o kit Gay (na verdade um kit de apologia ao homossexualismo). A medicina cruza os braços para qualquer tipo de tratamento físico/ biológico ao homossexualismo. Aqui vale um aparte: vocês sabiam que as pílulas anticoncepcionais feminilizam o feto? Está escrito em todas as embalagens e bulas, em letras miúdas obviamente. Você já viu algum debate sobre isso? Claro que não...
Alguns psicólogos que tem tratado homossexuais (com grande êxito, por sinal) estão enfrentando processo de cassação, pois o Conselho Federal de Psicologia proíbe, há quase 10 anos, que o homossexualismo seja tratado como doença e recrimina qualquer tipo de “tratamento” ou “cura”. Mas o que todos esquecem é que em uma sociedade livre e igualitária as pessoas devem ter o direito de ser o que quiserem, inclusive HETEROSSEXUAIS.

Além disso, com os projetos de lei que se apresentam, os gays que adotarem filhos poderão educá-los de acordo com seus preceitos (alegam que ninguém vira gay por este tipo de influência), porém os heterossexuais que TIVEREM filhos poderão ser presos por homofobia se educarem seus filhos sob seus preceitos (Se a conduta dos pais não influencia os filhos, qual é o medo então? Por que tanta interferência na educação de filhos de heterosexuais?). Isso é igualdade ou tentativa de supremacia gay?
Realmente estão mudando todos os preceitos de como um indivíduo deve se portar em uma sociedade, as tais criminalizações contra os gays estão dando poderes para que comportamentos promíscuos sejam completamente tolerados em todos os lugares, seja dentro de uma casa, ou dentro de uma igreja, por exemplo, e a mídia, como sempre, noticia o que lhe dar no tacho, assumindo explicitamente seu apoio à promiscuidade. 

 Estão destruindo o conceito "Familia" e isso se tornara uma imensa perseguição Cristianismo ja que o mesmo não aceita tal fato e a biblia condena esse tipo de atitude.


 Fiquem na Paz.



Fontes: Queverdadeéessa
Forum Anti nova ordem mundial
  
 
Reações: